Com celular escondido na cueca de criança, mulher é presa em presídio de Anápolis

Lana Tania Silva, de 29 anos, iria visitar detento Álvaro Carlos Alves, que cumpre pena na unidade por tráfico de drogas. Ela foi presa em flagrante
Fonte: A A A

Mais um caso inusitado durante as visitas de familiares nos presídios em Goiás. Desta vez uma criança de quatro anos foi usada pela mãe para levar celulares dentro da roupa. O crime ocorreu na manhã de domingo (26/08), no Centro de Inserção Social Monsenhor Luiz Ilc, em Anápolis.

De acordo com agentes penitenciários, durante a revista rotineira aos visitantes que iriam visitar os detentos, foi encontrado com o menino quatro aparelhos celulares escondidos na cueca.

A mãe da criança, Lana Tania Silva, de 29 anos, e o menor iriam visitar o detento Álvaro Carlos Alves, que cumpre pena na unidade por tráfico de drogas. A mulher foi encaminhada para a delegacia do município e responderá por crime contra a administração pública. Ela poderá ser proibida de visitar o detento.

 

Comunicação Setorial
Diretoria-Geral de Administração Penitenciária (DGAP)
(62) 3201-7588