Em reunião no MP, diretor-geral apresenta avanços no sistema prisional goiano

Coronel Edson Costa abordou alternativas implantadas para melhorar a organização do sistema, como as mudanças legislativas sobre a gestão de vagas, estratégias e parcerias para viabilização de recursos e ações para desarticulação de facções
Fonte: A A A

Coronel Edson Costa abordou alternativas implantadas para melhorar a organização do sistema, como as mudanças legislativas sobre a gestão de vagas, estratégias e parcerias para viabilização de recursos e ações para desarticulação de facções

O diretor-geral de Administração Penitenciária, coronel Edson Costa, apresentou um panorama geral e melhorias do sistema prisional goiano, em reunião realizada na tarde desta quinta-feira (20/09), com membros da Comissão do Sistema Prisional, Controle Externo da Atividade Policial e Segurança Pública do Conselho Nacional do Ministério Público (CSP/CNMP).

Na apresentação, o coronel Edson traçou um panorama geral do sistema ao abordar as alternativas implantadas para melhorar a organização do sistema, como as mudanças legislativas sobre a gestão de vagas, estratégias e parcerias para viabilização de recursos, as ações para desarticulação das facções, entre outros pontos.

O promotor Marcelo Celestino e o coordenador do CAO Criminal, Luciano Miranda, também estiveram presentes e ressaltaram a integração existente em Goiás entre o MP, o Estado e o Judiciário na realização das políticas carcerárias. Os integrantes do Ministério Público abordaram ainda aspectos específicos da atuação institucional. Luciano Miranda lembrou que o tema prioritário do Plano Geral de Atuação do MP-GO para o biênio 2018-2019 é a melhoria do sistema prisional.

O objetivo destes encontros é a coleta de informações que vão subsidiar a elaboração de um relatório sobre o sistema prisional goiano. Pela manhã, conselheiros que integram a comissão e assessores estiveram na unidade do regime semiaberto do Complexo Prisional de Aparecida de Goiânia e foram recebidos pelo diretor-geral adjunto, Agnaldo Augusto da Cruz.

Nas reuniões de trabalho, a comissão do CNMP buscou conhecer melhor a realidade do sistema carcerário em Goiás, a partir dos dados apresentados pela DGAP.

Ao final do encontro, também foi apresentada uma ferramenta disponível no site do Conselho, o Sistema Prisional em Números, que traz dados atualizados sobre os presídios brasileiros. Goiás foi ponto de elogio em relação à assistência em educação.

Fotos: Ministério Público de Goiás

Comunicação Setorial
Diretoria-Geral de Administração Penitenciária (DGAP)
(62) 3201-7222