Homens são detidos com celulares escondidos dentro de televisão

Ruan Moreira e Lucca Sousa são presos em flagrante no Presídio Estadual de Anápolis. Aparelhos seriam entregues para detento Douglas Trucolo Peixoto. No Centro de Inserção Social Monsenhor Luiz Ilc, menores tentam entrar com drogas escondidas em alimento
Fonte: A A A

Ruan Moreira e Lucca Sousa são presos em flagrante no Presídio Estadual de Anápolis. Aparelhos seriam entregues para detento Douglas Trucolo Peixoto. No Centro de Inserção Social Monsenhor Luiz Ilc, menores tentam entrar com drogas escondidas em alimento

 

Agentes de segurança prisional evitaram, na tarde desta quinta-feira (1º/11), a entrada de quatro carregadores e aparelhos celulares, no Presídio Estadual de Anápolis. Os eletrônicos estavam escondidos dentro de uma televisão e seriam entregues para o detento Douglas Trucolo Peixoto, de 30 anos, preso por roubo. Ruan Fábio de Souza Moreira e Lucca Felipe Gonçalves de Sousa foram detidos em flagrante.

Os celulares foram descobertos por meio de imagens do Body Scan, explica o coordenador dos presídios estaduais da DGAP, Marcelo Tumelero. Os responsáveis foram encaminhados a delegacia e responderão por crimes contra a administração pública. Eles serão proibidos de realizar novas visitas ao presídio.

No Centro de Inserção Social Monsenhor Luiz Ilc, em Anápolis, dois menores de idades foram detidos, na tarde desta quinta-feira (1º/11). M.M e F.B tentaram entrar com 500 gramas de maconha e maços de cigarro escondidos dentro de alimentos, que seriam entregues para Giuliano Catarino, de 22 anos. Após consulta, o detento Jarbas dos Santos, 26, preso por tráfico, assumiu que os produtos eram direcionados para ele.

Os menores foram encaminhados para a delegacia para procedimentos legais e responderão pelo crime de tráfico. Eles ficarão proibidos de freqüentar novamente a unidade.

Caldas Novas

Stephane Inácio da Silva, de 19 anos, foi detida em flagrante na manhã desta quinta-feira (1º/11), na Unidade Prisional de Caldas Novas. Com 50 gramas de maconha nas partes íntimas, ela tentou entrar no presídio para entregar a droga ao preso Jonatan Nunes Lemes, 21.

A mulher foi descoberta após demonstrar nervosismo e aparentar pressa para entrar na unidade. Ao ser abordada por uma agente prisional, Stephane confessou o crime. O preso Jonatan Lemes e a mulher foram para a delegacia e responderão por tráfico.

Fotos: Divulgação

Comunicação Setorial
Diretoria-Geral de Administração Penitenciária (DGAP)
Telefone: (62) 3201-4726