Reeducandos da UP de Rio Verde confeccionam abafadores de incêndio para doar aos produtores rurais da região

A fabricação é realizada em parceria com o Corpo de Bombeiros e o Sindicato Rural de Rio Verde
Fonte: A A A

Reeducandos da Penitenciária de Rio Verde, pertencente à 6ª Regional Sudoeste da Diretoria-Geral de Administração Penitenciária (DGAP), estão envolvidos na fabricação de 800 abafadores de incêndio a serem doados aos produtores rurais da região. O projeto, que é realizado em parceria com o Corpo de Bombeiros e o Sindicato Rural, tem como objetivo prevenir o alastramento de queimadas.

De acordo com o diretor regional, Vildebal Alves, o projeto tem grande importância para a preservação da natureza local. “Por meio de palestras e de treinamento do Corpo de Bombeiros e com auxílio do material produzido a partir da mão de obra carcerária, podemos evitar a degradação da fauna e da flora regionais”, afirmou.

De acordo com Vildebal, este é o segundo ano em que a UP fornece mão de obra para a produção dos equipamentos de prevenção às queimadas. “Inicialmente, três reeducandos vão trabalhar na fabricação do material, sendo beneficiados com a remição da pena por tempo de trabalho, conforme determina a Lei de Execução Penal”, garantiu.

“É importante destacar que, além da prevenção aos incêndios em áreas rurais, o projeto auxilia na ressocialização dos detentos, pois eles aprendem uma profissão que, futuramente, com o próprio labor, vai contribuir para o sustento de suas famílias”, explicou Vildebal.

O diretor regional agradece ao comandante do Corpo de Bombeiros de Rio Verde, tenente-coronel Amilton de Souza, e ao presidente do Sindicato Rural, Alexandre Câmara, pela parceria no projeto.