Servidores interceptam a entrada de drogas em Piracanjuba

66

Servidores da Unidade Prisional(UP) de Piracanjuba, pertencente à 4ª Regional Prisional Sudeste da Diretoria-Geral de Administração Penitenciária (DGAP), evitaram a entrada de 99 porções de LSD na unidade nesta quinta-feira, 14/03. Os ilícitos foram encontrados durante procedimento de revista em dia de visita de familiares aos reeducandos do presídio.

A droga estava escondida no bojo do sutiã da visitante que é mulher de um dos detentos da unidade. A mesma afirmou que guardava em casa mais 50 porções, sendo que futuramente iria tentar adentrar ao presídio com elas.

De acordo com o diretor da unidade, Jorge Paulo Ferreira, atitudes suspeitas da mulher deram início às investigações através de monitoramento da mesma e por meio de revistas minuciosas os agentes chegaram até as drogas que estavam escondidas no sutiã da visitante.

Segundo a direção, a apreensão é uma das maiores já realizadas na UP. “Tendo em vista as inúmeras tentativas de burlar o sistema, a apreensão reforça o comprometimento dos servidores na realização dos afazeres dentro do ambiente carcerário”, afirma Ferreira.

Ainda segundo Ferreira, a unidade instaurou procedimentos administrativos interno para averiguação do fato, além de encaminhar a mulher e os ilícitos à delegacia da cidade onde foi instaurado o auto de prisão em flagrante.

A eficiência na elaboração dos trabalhos realizados pelos agentes reforça o rigor estabelecido em procedimentos operacionais que seguem as diretrizes governamentais instituídas que atendem o caráter de rigor na segurança do sistema prisional goiano.