Eventos em presídios encerram Semana da Mulher com Liberdade Privada

Eventos em presídios encerram Semana da Mulher com Liberdade Privada   No complexo prisional de Aparecida de Goiânia, mulheres participaram do concurso Miss Liberdade. Em Luziânia, data foi marcada por extensas atividades voltadas para presas   Um desfile para eleger […]
Fonte: A A A

Miss liberdade10

Eventos em presídios encerram Semana da Mulher com Liberdade Privada

 

No complexo prisional de Aparecida de Goiânia, mulheres participaram do concurso Miss Liberdade. Em Luziânia, data foi marcada por extensas atividades voltadas para presas

 

Um desfile para eleger a miss liberdade, realizado nesta sexta-feira (9/3) no presídio feminino Consuelo Nasser, e diversas atividades na penitenciária feminina de Luziânia, encerraram a Semana da Mulher com Liberdade Privada promovida pela Diretoria-Geral de Administração Penitenciária (DGAP), em comemoração ao Dia Internacional da Mulher.

 

O ‘Miss Liberdade’ teve a adesão total das mulheres que cumprem pena na penitenciária Consuelo Nasser e na Casa de Prisão Provisória (CPP), que ficam no complexo prisional de Aparecida de Goiânia. O desfile contou com 23 concorrentes e teve a participação de mulheres como convidadas especiais que atuaram como juradas. Elas avaliaram itens como desenvoltura, maquiagem e cuidados com o cabelo.

 

A representante da DGAP,  capitã Telma Lúcia Bernardes, parabenizou as mulheres reclusas que ali estavam e aproveitou para destacar que o órgão está buscando dar todas as condições de ressocialização para elas. “Temos visto resultados. Esta é uma unidade diferenciada, com jardins e flores lindas no pátio, e vocês estão com ótima aparência”, disse. “Aproveitem para refletir, pensar e repensar suas vidas e seus relacionamentos”, orientou.

 

Delegada regional de Aparecida de Goiânia, Cybelle Tristão disse que conhece a realidade das mulheres que enfrentam a ‘privação’ da liberdade. “Gostaria que vocês aproveitassem as oportunidades que estão sendo dadas a vocês. Abracem com unhas e dentes para que possam sair daqui com a autoestima revigorada prontas para viverem uma nova vida. E para não caírem novamente no mundo do crime”.

 

As vencedoras do concurso “Miss Liberdade’ foram:

1º lugar: Mariana Mendes

2º lugar: Kelruani Ferreira

3º lugar: Thalita Rodrigues

 

Todas as detentas foram presenteadas com kits de beleza e peças de lingerie.

 

Luziânia

 

Em Luziânia, cerca de 100 detentas da penitenciária de Luziânia participaram de uma série de atividades no encerramento da Semana da Mulher Privada de Liberdade. A promotora de Justiça, Rubian Coutinho, proferiu palestra sobre o combate à violência doméstica e familiar contra a mulher. Houve também sorteios de brindes como bolsas e camisetas, além de entrega de mensagens e bombons, entre outras ações voltadas para a mulher encarcerada.

miss liberdade12 miss liberdade9

Miss Liberdade5 Miss liberdade3

 

Comunicação Setorial

Diretoria-Geral de Administração Penitenciária (DGAP)

Telefones: (62) 3201-7588