Mulher é detida no presídio de Piracanjuba com droga escondida nas partes íntimas

Agentes desconfiaram de visitantes e levaram três mulheres à unidade hospitalar para exame de raio X. Suspeita com 92g de maconha se entregou antes do exame
Fonte: A A A

Agentes desconfiaram de visitantes e levaram três mulheres à unidade hospitalar para exame de raio X. Suspeita com 92g de maconha se entregou antes do exame

 

Uma mulher foi detida na tarde desta sexta-feira (18/5) na unidade prisional de Piracanjuba, por tentar entrar no local com droga escondida nas partes íntimas.

De acordo com o diretor da unidade, Jorge Paulo Ferreira de Lima, A.S.O.A., de 26 anos, chegou no presídio por volta das 13h30, acompanhada de outras duas mulheres, para visitar companheiro Rumenik Gomes da Silva, que cumpre pena por tentativa de homicídio. “Os agentes desconfiaram das visitantes e, com apoio da Polícia Civil, encaminhou as suspeitas para o hospital municipal de Piracanjuba para serem submetidas ao exame de raio X”, informou.

Antes do procedimento, uma das suspeitas resolveu confessar que levava a droga nas partes íntimas. Ela entregou para os agentes um volume com 92g de produto análogo à maconha e foi encaminhada para a Delegacia de Polícia Civil. Com as outras duas acompanhantes não foi encontrado nenhum produto ilícito.

Fotos: divulgação

Comunicação Setorial
Diretoria-Geral de Administração Penitenciária (DGAP)
Telefone: (62) 3201-7588