Vacinação contra H1N1 tem início no Complexo Prisional em Aparecida de Goiânia

Conforme determina o Ministério da Saúde, servidores do sistema prisional e detentos fazem parte dos grupos prioritários para imunização. No interior do estado, cada unidade prisional agendará a aplicação das doses com a secretaria de saúde do município
Fonte: A A A

Servidores da Diretoria-Geral de Administração Penitenciária (DGAP) estão sendo imunizados contra influenza. Em Aparecida de Goiânia, a aplicação das doses teve início na última quinta-feira (26/04) e cerca de 360 funcionários já receberam a vacina, a expectativa é de que o restante dos servidores sejam imunizados ainda nesta sexta-feira (27/04).

Os servidores de outros municípios serão imunizados nas suas unidades de trabalho. O agendamento deverá ser feito pela direção da unidade junto a secretaria municipal de cada cidade no período da campanha.

Na próxima semana serão imunizados os detentos do Complexo Prisional de Aparecida de Goiânia, como determina o Ministério da Saúde.

Quais os sintomas e como prevenir

A gripe H1N1 apresenta os mesmos sintomas de um estado gripal comum, como febre que pode durar entre 3 e 5 dias, tosse seca, secreção e dores no corpo. A Secretaria Municipal de Saúde orienta a quem tiver esses sintomas procurar atendimento médico.

Pessoas acometidas pelos sintomas devem manter repouso, alimentação balanceada e ingestão de líquidos adequada, além de evitar contato com outras pessoas em ambientes fechados e aglomerados.

A forma mais eficaz de evitar a transmissão do vírus é a higienização das mãos, sempre que possível lave bem as mãos, quando não houver condições de lavar use álcool gel. Também é recomendável cobrir a boca e o nariz ao espirrar.

Fotos: Divulgação